Image Map
5.3.15

Diário de Viagem Alagoas - Parte 1

O post de hoje será pra contar um pouco da minha viagem para Alagoas em janeiro deste ano! Eu amo viajar e acho que esse post será útil para as pessoas que estão na dúvida sobre seu próximo destino. Como são muitos detalhes e eu quero contar TUDO (se eu lembrar vou falar dos preços também), vou dividir os posts em várias partes, ok?


Eu viajei com mais duas amigas, nós fechamos um pacote com a CVC em agosto de 2014, foi com bastante antecedência pois janeiro é alta temporada e quanto mais em cima for, mais caro vai ficar.

Pacote da CVC - Como funciona?

É assim: você fecha a passagem aérea ida e volta (voamos TAM), translado do aeroporto / hotel ida e volta, hospedagem (o nosso foi 8 dias e 7 noites - Hotel 4 Estrelas) e City Tour. O nosso pacote ficou em R$ 1,850,00 por pessoa. Porém, é legal você levar uma grana extra pois todo dia a CVC oferece passeios opcionais e, que na minha opinião, são essenciais pra você conhecer o estado. Sinceramente, eu não gostaria de ficar 7 dias apenas em Maceió pois o pouco que ficamos deu pra conhecer bastante, então não vejo motivo para não conhecer outros lugares lindos. Rodamos diversos lugares de Alagoas em uma semana e voltávamos pra Maceió apenas pra sair à noite e dormir. Como nós fechamos passeio todos os dias, eles deram um super desconto! 5 dias de passeio saiu por mais ou menos R$ 215, mas isso apenas o transporte. Chegando nos locais você pode ficar na praia ou ainda explorar outras partes (passeio de buggy, lancha, etc), o que significa gastar mais. Mas, como eu já disse, vale a pena conhecer o máximo possível. Então resolvemos não economizar com passeios e fizemos todos os disponíveis!

Hospedagem e outros detalhes

Como eu contei anteriormente, nós ficamos hospedadas em Maceió e escolhemos o Hotel Tropicalis, que fica no bairro Ponta Verde. O hotel fica a duas quadras da praia e está muito bem localizado pois fica próximo a diversos locais: bares, feira de artesanato, as famosas barracas de praia Lopana e Kanoa, piscinas naturais de Pajuçara, etc. Mas, falando em piscinas naturais, vou dar uma dica muito importante: escolha a sua viagem de acordo com a maré pois um dos maiores atrativos de Alagoas são as piscinas naturais (Pajuçara, Paripueira, Galés de Maragogi...), então se a maré estiver alta será menos uma coisa pra você curtir. Quando nós fomos a maré estava meio alta, nós sabíamos mas não tínhamos outra data pra ir. Mas enfim, no geral a viagem valeu muuuuuuuuuuito a pena e eu repetiria cada momento. 

Dia 1 - Chegada a Maceió 

Nós chegamos no Tropicalis mais ou menos 1:30h antes do check-in, então tivemos que guardar as malas e sair pra almoçar. Indicaram pra gente o Restaurante Anamá, um buffet a quilo que fica na orla de Ponta Verde. Achei a comida excelente, com muita variedade de saladas, carnes e pratos típicos. Não deixem de experimentar a cocada cremosa de forno. É imperdível! Depois disso, voltamos para o hotel para acomodar as nossas coisas e já saímos novamente para conhecer a famosa barraca de praia Kanoa! Nós escolhemos ficar na areia, mas chegamos um pouco tarde e o atendimento nessa parte encerrava cedo. Achei meio chato por causa disso! Mas tem uma explicação: lá não tem horário de verão e o sol se põe às 17:30. Confesso que achei super estranho perder tanto tempo de sol, especialmente quando você está em um local de praia e quer aproveitar o máximo possível! kkkk




Na volta pro hotel nos deparamos com a Sorveteria Bali, uma das melhores sorveterias de Maceíó! Eu provei o tradicional sorvete de tapioca e amei! Pena que não voltamos mais lá durante a semana. Mas, com tantas coisas pra conhecer, o que menos queríamos era repetir os lugares rs. À noite fomos no famoso Bodega do Sertão! Infelizmente não tirei nenhuma foto, a decoração é toda típica (as garçonetes estavam vestidas de Maria Bunita) e ainda possui um bule gigante! E claro, nós ficamos dentro dele rs. Segue a foto da fachada (foto do Google):



Olha, esse foi um dos pontos altos da viagem! Que comida deliciosa... eu amo comida nordestina! O esquema é assim: tem buffet a quilo e eles também fazem crepe / tapioca na hora e outras delicias (tem um cardápio específico). Eu me joguei no buffet, não sobrou nada pra tirar foto mas me lembrei de tirar foto dos doces pois queria tentar a minha mãe via whatsapp hahahaha!


Dia 2 - City Tour / Praia do Francês / Imperador dos Camarões

Nesse dia nós fizemos o City Tour da CVC, que é um passeio dentro do ônibus e o guia vai explicando os pontos importantes da cidade. Nós descemos no Mirante do São Gonçalo, que tem uma vista super bacana pra cidade. Lá também tem uma mini feirinha de artesanato.



Depois seguimos para a Praia do Francês, que fica a 30km de Maceió. Eu gostei muito dessa praia, que é uma das mais badaladas do estado. As águas são claras e mornas. Na parte que ficamos quase não tinha onda, ao contrário do outro lado da praia (que é mais deserto) que tem ondas fortes e atraem muitos surfistas.



Nesse dia não fizemos nenhum passeio, ficamos apenas aproveitando a praia. Eu não lembro o nome da barraca que ficamos (depois vou procurar no foursquare rs), mas lá tinha guarda-volume (adorei) e também tivemos a opção de reservar o almoço assim que chegamos! Obviamente não lembro detalhes do prato, mas foi algo de camarão (deu para 3 pessoas comerem e foi em torno de R$ 80 - acho)! Eu prometi que comeria camarão todos os dias pois da última vez que estive no nordeste (Ceará), eu não comia mas hoje em dia eu sou viciada rs vai entender!

Uma das bebidas mais famosas de Alagoas é o Drink no Abacaxi, achei tão lindo que tive que pedir. É tipo uma Piña Colada, mas podia ter mais Vodka kkkk. Eles tiram o miolo da fruta, espetam no palito, regam de leite condensado e dão pra você comer antes de saborear o drink. Custou R$ 14.

À noite fomos no famoso Imperador dos Camarões para experimentar o Chiclete de Camarão, prato muito conhecido na região. Além ler várias recomendações na internet, a amiga Claudia Speroto recomendou umas duas vezes rs. Eu fiquei muito surpresa com a decoração e iluminação do local, achei de extremo bom gosto. Gostei bastante do atendimento, não deixou nada a desejar. O prato serve duas pessoas e o preço foi em torno de R$ 90. As meninas pediram o Bolinho Quente de sobremesa e disseram que estava ótimo!




Ufa, o post ficou enorme mas contei tudo dois primeiros dias. Aguardem os próximos posts!

Espero que tenham gostado!

Beijos!